Foto atividade

LEIAME

 

Caro colega da Computação, a seguir vai uma breve explanação do FOTO ATIVIDADE, que te falei.

Como vistes no site http://www.proricordare.com/paulo.trainini LOGIN=visitante, SENHA=visitante, segundo o que eu ouvi de um médico, os três pilares da nossa saúde são: boa alimentação, atividade física e bom descanso. Ou seja, cuidar da saúde não é só se alimentar bem, praticar atividades físicas ou descansar legal. Mas tudo isso junto.

A seguir vou fazer um breve relato da minha rotina orientada para a saúde, que é composta não só dessas três coisas, mas também, igualmente importante de fazer tudo isso, evito o que prejudica a saúde.

Antes da análise do restante deste documento, gostaria que assumisses algumas premissas fundamentais. São elas:

– Todo o material que elaborei, com a contribuição dos especialistas que me tratam, foi feito com base na minha prática e orientação deles – sendo que o meu médico principal é o Dr. Miguel Muratore .

– Cada grupo de comentários relativos à uma função do código apresentado a seguir é completamente independente do outro.

– Elaborei este código baseado na minha rotina diária, que é completamente diferente da tua. Aconselho fortemente adaptá-las à tua rotina. Isso é FUNDAMENTAL para a sua eficiência. Em outras palavras, se te interessares pela técnica, inclui essas atividades na tua vida, não apenas nas tuas prioridades.

– Para fazer essas adaptações sugiro primeiro que adotes exatamente essa minha rotina, mesmo que só parte dela, sem nenhuma adaptação. Depois gradualmente vais adaptando a coisa prá ti. Assim conseguirás ver mais claramente se a tua adaptação está válida. Pois prá mim essa rotina funciona perfeitamente.

– O material apresentado aqui é totalmente livre, inclusive o site. Então, sinta-se a vontade para alterá-lo, chingá-lo, misturá-lo com manteiga, assá-lo ou dançar um samba com ele. Em resumo, faça gato e sapato dele. A única coisa que eu reclamo são os meus ricos créditos da autoria. Essa ninguém tasca!

FOTO_ATIVIDADE.C
 #include <stdio.h>

 void main()
 {
    Fase_1(); /* cama */
    Fase_2(); /* atividades iniciais (tranquilas) */
    Fase_3(); /* atividades corridas */
 }

 void fase_1()
 {
    Brain_refresh(); /* apagar */
    Rilex(); /* apagar ou só relaxar até levantar) */
 }

 void fase_2()
 {
    Androide(); /* levantar, tomar banho, tomar água e preparar o café */

    Atividades_iniciais(); /* café, escolher e executar as foto atividades do dia */

    Lanche_1(); /* lavar louça e lanche 1 */
 }

 void fase_3()
 {
    Chimarrao_email_e_facebook(); /* ... */
    Atividades_corridas(); /* ... e cama */
 }

COMERCIAL


CLICA NA IMAGEM

COMENTÁRIOS

Comentários iniciais não estruturados. Apenas para apresentação textual da técnica FOTO ATIVIDADE

PARTE 1 DE 3

Boa parte dos grandes nomes da nossa história sofriam de problemas graves de saúde. Napoleão, por exemplo, tinha terríveis enxaquecas.

Em virtude desses problemas, eles eram obrigados a relaxarem para melhorar. Nesses relaxamentos, imagino eu, é que vinham as grandes idéias. E grandes idéias eu encaro como parte da nossa saúde. No mínimo elas contribuem positivamente.

Claro, quem comanda um negócio grande, como tu, não pode se dar o luxo de relaxar quando dá na telha. Um vacilo e vai tudo pro beleléu. Mas mesclar tratamento de situações críticas com relaxamentos é absolutamente possível para qualquer um, se devidamente adequado à rotina.

 

PARTE 2 DE 3

Hoje, a duras penas, cadeira de rodas, doença degenerativa (ataxia espinocerebelar), e outros divertimentos, descobri uma forma de conciliar legal relaxamento com corda esticada. É através do foto atividade.

Idéias como a de Napoleão, são como um passarinho arisco. Se correr atrás dele, ele foje. A melhor maneira de pegá-lo é limpar bem o caminho em silêncio e botar uma comidinha no meio para ele vir pegar. Aí quando ele vier, “crau”, pega ele. E aposto que a meditação é o “crau”. Pois depois de incluí-la na foto atividade, o “crau” ficou mais porrada.

PARTE 3 DE 3

Acordo cedo e faço as atividades iniciais (tomo banho, café, exercícios físicos ou meditação,…) e só depois encaro as atividades corridas. Assim não misturo as coisas.

Comentários específicos estruturados a partir de cada função do código principal
Fase_1(); “cama”

Essa fase é composta de duas etapas. São elas: Brain_refresh e Rilex.

BRAIN REFRESH (apagar)

Eu inicio essa fase quando me dá sono – quase sempre às 10pm. Primeiro eu me visto adequadamente para dormir e me deito na cama de barriga para cima com um travesseiro em baixo dos joelhos na altura suficiente para deixar a coluna toda encostada no colchão, sem forçar nada – como mostra a foto FASE 1.

Depois eu relaxo todo o corpo, inclusive as mandíbulas, soltando todo o corpo no colchão, como uma gelatina. Cubro o rosto com o lençol e ignoro completamente todas as preocupações e a hora, aí eu fecho os olhos.

Se alguma preocupação embestar de não se afastar, eu não discuto com ela. Apenas olho feio prá ela e digo (só em pensamento, em absoluto silêncio): “cara preocupação, me deixa relaxar em paz que cuido melhor de ti depois se tu me deixares em paz agora”. E boto essa frase em loop infinito.

Depois iniciar a execução desse loop, eu espero e deixo a mente decidir se/quando/como/por que/porém/todavia/contudo/entretanto/se bem que/me parece/eu creio/… Ou seja, se eu apagar, apaguei, senão, pelo menos relaxado eu estou, e deixo rolar ao sabor do vento.

Se a danada da preocupação não se afastar, eu inspiro pelo nariz – empurrando quase todo o ar para a região diafragmática – e expiro pela boca, fazendo barulho na expiração como um ronco. Isso reduz o escopo dos pensamentos, dificultando a dita preocupação invadir a mente e avacalhar o campinho. Se a velocidade da respiração diminuir, “bingo”, significa que a danada está se afastando e em poucos minutos, batata, eu apago.

RILEX (relaxar até levantar)

Se por alguma chatice eu despertar, repito o mesmo processo. Se não apago, não levanto nem olho pro relógio. Continuo no mesmo relaxamento até o relógio me chamar.

Fase_2(); “atividades iniciais ( tranquilas )”

 

ANDRÓIDE (levantar, tomar banho, tomar água e preparar o café)

Eu inicio essa fase quando desperto pela manhã – geralmente às 4am. Primeiro eu tomo banho, me visto adequadamente e vou tomar água, como mostra a foto FASE 2.1.

Nessa hora – como mostra a foto – eu procuro reproduzir a posição inicial do “grounding”, como eu vi em um programa na TV. Ela se constitui em relaxar todo o corpo e descansar toda a planta dos pés no solo.

ATIVIDADES INICIAIS (café, escolher e executar as foto atividades do dia)

Depois da etapa ANDRÓIDE, eu inicio a etapa ATIVIDADES INICIAIS tomando o café e escolhendo as foto atividades do dia. Nessa etapa, eu consulto a versão impressa das foto atividades, como mostra a foto FASE 2.2.

Logo depois de escolher as foto atividades do dia (http://www.proricordare.com/paulo.trainini LOGIN=visitante, SENHA=visitante), eu as executo e logo depois me vou para as ditas corridas.

Fase_3(); “atividades corridas”

Depois de executar os exercícios, preparo o lanche 1, lancho e me vou para o chimarrão, email e facebook (foto FASE 4).

Fico ouvindo um som próprio para cada etapa que me ajuda a concentrar SÓ nas tarefas envolvidas na etapa presente.

E levo o dia até… cama.

 

 

Caros professores, desculpa pela simplificação de termos teóricos. Mas fiz isso para facilitar a associação com termos mais conhecidos. E aposto que não firo bases teóricas. Bom, o nosso papo foi forjado junto com as faca, ôigalê!

 

 

 

Durante as etapas Brain_refresh(), Rilex() e Androide(), meu cérebro funciona como um computador parecido com gente (androide).

Fico dividido em processador e memória . E se alguém falar algo, eu não olho nem respondo, só processo sobre o que está no caminho e ajo rápido. De vez em quando eu solto “bip-bip-bop-bop” (coisa de clínica psiquiátrica).

Na etapa Atividades_iniciais(), eu começo a virar gente, pronunciando até “paz e amor, bicho”, mas ainda meio zumbi.
Na continuação (considerando as contribuições de vocês) eu vou codificando mais funções. E se alguém nos apresentar funções adicionais ao código principal mostrado anteriormente, eu incluo a “.h” dele e uso suas funções dentro do meu.

void Brain_refresh(
{
   vestir ();
   deitar ();
   if (embestar() == TRUE)
   {
      while ( TRUE == TRUE ) paz ();
   }
   if (danada() == TRUE)
   {
      Respiracao_diafrag (ronco);
   }
}

void rilex ()
{
while ( relogio() == HORA_DE_LEVANTAR ) return();
}

void androide ()
{

/* durante a execução dessa função, eu fico repetindo mentalmente, em loop, somente a função atual e a próxima. Quando acabo atual, dou um shift, excluindo a concluída, trocando pela próxima e empilho a depois da próxima na próxima. Funciono como um processador de uma máquina dedicada (motivo do nome) */

levantar ();
banho ();
pia(); /* escovar, apara a barba, pentear, desodorante */
vestir();
play(2.1 zen instrumental1 (bota zen nisso).mp3, LOOP_TRUE);
grounding();
tomar_agua();
preparer_cafe();
}

Void atividades_iniciais ()
{
Play (2.2 HARE KRISHNA – HARE RAMA (paz e amor, bicho).mp3, LOOP_TRUE ); /* http://www.youtube.com/watch?v=0ipVzZGB5no*/
Escolhe_foto_atividades(),
Play (3. zen instrumental2 (te concentra).mp3, LOOP_TRUE ); /* http://www.youtube.com/watch?v=ydmUursa18E (retirado só o só instrumental)*/
Executa ( );
}

Void atividades_corridas ()
{
Result = te_mexe();

If ( result == DEU_MERDA )

{
Trata_erro( FAZER_O_QUE_TEM_SE_FEITO_E_ESPERAR ); /* UH, MISIFIO */

}

}