FOCAR NO PRESENTE

*** Compartilhar ***
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
5
(1)

Também disponível em PDF através do menu principal em G1 (2014) -> COMENTÁRIOS -> FOCAR NO PRESENTE


Leitura em voz alta automática:

Se eu deixo na memória de trabalho apenas as informações relevantes à atividade presente (focar no presente), deixando as informações relevantes às atividades futuras em memórias auxiliares, torna a atividade presente mais eficiente. E essa eficiência aumenta mais ainda com a revisão periódica dessas atividades após trocas de contexto.

A figura a seguir é um exemplo disso.

O objetivo dessa atividade é tomar café (sem comer nada) ouvindo um som. Logo depois, comer pão. Então, na hora do café, deixei apenas as informações que alimentam a memória de trabalho (estímulos visuais, olfativos, etc) necessárias para a atividade café e nada mais (nível 1). Semelhante ao que é feito em uma função encapsulada dentro de um programa de computador. Quando a memória de trabalho está otimizada, a criatividade encontra solo fértil e dá frutos gostosos. Lembras da publicação Felicidade Plena ? Ela trabalha exatamente isso.

Depois de aumentar a eficiência do café, coloquei o pão na mesa (nível 2). Isso aumentou a rapidez da execução dessas atividades, sem perder robustez.

Além disso, as repetições diárias desta mesma atividade com variações parcimoniosas, aumentou mais ainda a sua eficiência.

Ainda, revisar essas atividades depois de trocas de contextos, me traz vários benefícios: evito erros, otimizo, me inspira e aguça a intuição.

Essa intuição, muitas vezes, me leva a fazer coisas que combinam, inexplicavelmente, com o futuro. Aí vai um exemplo:

EXEMPLO: estou lendo um livro escrito por um médico com muito conhecimento e experiência. Muitas orientações dele possuem uma correspondência direta com as minhas publicações (já feitas há bastante tempo). Inclusive alguns termos são iguais. A minha razão não consegue explicar isso, pois eu não sabia muitas dessas coisas quando elaborei essas publicações.

Quem aprecia só o resultado final de um trabalho feito com essa sistematização pensa “Bah, eu nunca conseguiria fazer isso!”. Consegues sim, é só seguir um sistema bem especificado (não necessariamente o meu), passo a passo, sem atropelos. Foca só o presente.

Paulo Ricardo Silveira Trainini


O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •