GOLPE

*** Compartilhar ***
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
5
(1)

<<< ENGLISH VERSION >>>

Leitura em voz alta automática:

Golpe

Estamos em meio à pandemia, isolamento social, pessoas conhecidas, queridas ou familiares doentes. Trabalho exigindo performance maior do que antes. Demandas em casa, com companheiro(a), filhos, pets, etc. Meu Deus, quanta coisa!!

Neste momento, analisamos o quanto temos capacidade de adaptação. Os mais céticos perceberam que é possível alterar comportamento e sim, trabalhar em casa! Os workaholics se deram conta que podem trabalhar de casa, e talvez estejam trabalhando mais do que antes. Temos ainda aquele grupo de pessoas que se deu conta que podem aproveitar este momento e até que enfim fazer as coisas de forma diferente, ou como sempre quiseram mas sempre adiaram. Momento de unir o útil (trabalhar) ao agradável (trabalhar em casa). Em meus atendimentos diários, percebo que há pessoas estressadas atualmente com a crescente de demandas do momento.

E aí entra o conceito de duas palavras interessantes, que devemos analisar.

A resiliência, um termo inicialmente utilizado na física, que significa a capacidade de um material voltar ao seu estado anterior depois de uma deformação elástica. Aí pensamos: será que somos resilientes? Mas é claro que sim, e muito. O quanto conseguimos ter uma discussão com alguém e depois voltarmos ao estado de espírito de antes da discussão? O quanto conseguimos ir e vir em nosso ânimo ao longo de um dia? Se você tem essa capacidade, você é resiliente.

Há também um outro termo muito utilizado atualmente e que descreve como muitas pessoas bem sucedidas tem conduzido suas vidas. Trata-se da antifragilidade. O que é isso? É a capacidade de sofrermos uma “deformação” e sairmos fortalecido dela. Vamos tomar como exemplo uma pessoa que por conta da circunsância atual foi demitida. Esta pessoa “toma o golpe”, sofre e resolve que vai fazer deste limão uma limonada. Ela faz o que? Se fortalece com o fato acontecido, resolve empreender e hoje é um profissional mais bem-sucedido, menos estressado e mais realizado. O que aconteceu com esta pessoa? Ela “sofreu o golpe” e saiu dele melhor do que entrou. Esta é uma pessoa anti-frágil.

Que tenhamos serenidade e capacidade de assumirmos nossa antifragilidade nos dias atuais!!

Cíntia Rodrigues

Mentora de Produtividade

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

2 comentário em “GOLPE

  1. Yesterday, while I was at work, my cousin stole my iPad and tested to see if it can survive a twenty five foot
    drop, just so she can be a youtube sensation. My iPad is now
    destroyed and she has 83 views. I know this is totally off topic but I had to share it with someone!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *