CAMINHO

*** Compartilhar ***
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
0
(0)

Também disponível em PDF através do menu principal em G1 (2014) -> COMENTÁRIOS -> ESTRATÉGIAS -> DESBRAVANDO -> CAMINHO

Leitura em voz alta:

CAMINHO

Os povos primitivos, tipo o desse cara sinistro aí de cima, atingem uma felicidade muito maior que eu esperava em virtude da turbulência da vida deles. Mesmo enfrentando situações adversas doidas e não possuindo os recursos tecnológicos que nós possuímos, eles enfrentam esses problemas com galhardia e ainda conseguem sorrir.

Verdade que sem a voz da razão, ainda seríamos macacos. Mas tô achando que, se o nosso futuro for ditado apenas pela razão, logo logo voltaremos a ser macacos novamente. Pois, mesmo com a razão e toda tecnologia que ela desenvolve, conflitos que a humanidade enfrenta há muito tempo persistem, e cada vez mais perversos.

Ainda bem que a nossa ciência possui alguns nobres exemplos que ouvem a voz do sentimento antes de publicarem coisas realizadas pela razão. Mas essa gente, por ser a minoria, não é ouvida.

Essa maioria que só fala através da razão vive soltando alívios imprudentes. Geralmente esses alívios não vem acompanhados do afastamento das cucuias.

Acho que a maneira inteligentíssima dessa árvore agir, apesar da sua irracionalidade, está relacionada com o caminho espinhento que os povos primitivos enfrentam. Sinistro…

O único chute forte que eu faço é que isso tudo é alimentado com a atenção plena. A publicação FOCA NO PRESENTE [1] ilustra seu funcionamento. Mas se tu tiveres interessado em investir nessa coisa, procura algum auxílio epecializado. Pois não é tão simples quanto pode parecer.

Ela faz um gerenciamento complexo da memória cerebral. Apesar de não ter esse conhecimento, acertei por chute. Aposto que esse acerto foi guiado pela minha meditação.

Conversando com um amigo, descobri que a minha meditação é muito parecida com a técnica dele, chamada vipassana.


[1] SUSTO NOS NEURÔNIOS -> G1 (2014) -> O Poder do Chimarrão -> FOCA NO PRESENTE


“O caminho para a felicidade é torto. Quanto mais forte se é para enfrentar esse sapeca, mais apto se fica para atingir a felicidade.”

Paulo Ricardo Silveira Trainini

Another Brick in the Wall (edited) – Pink Floyd

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •