MAMMA MIA!

*** Compartilhar ***
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
0
(0)

Também disponível em PDF através do menu principal em G1 (2014) -> O Poder do Chimarrão -> 7) MAMMA MIA!

MAMMA MIA!

“Caro amigo, eu trabalho para plantar o broto logo acima, não os mais altos. Uma hora eles brotarão, sem o risco de serem facilmente arrancados pelo vento.”

Essa frase é um paradigma na minha vida desde que eu me conheço por gente. Vai aí um exemplo da aplicação dela:

A receita que eu uso para preparar esse prato delicioso é essa:

Ressalto duas coisas importantes do item 1 da preparação:

  1. O azeite tem que ser EXTRA VIRGEM,
  2. Refogar SÓ até a cebola ficar transparente, não mais.

Quem me ensinou os pontos BÁSICOS dessa receita foi um grande amigo (neurologista). Ele disse que se o azeite não for extra virgem e se o refogado passar do ponto de transparente, vira gordura saturada (veneno para os neurônios).

Depois de me deliciar com a janta que ele preparou, eu vim prá casa e tentei reproduzir várias vezes até até que cheguei nessa receita.

 Primeiro eu fazia só com brócolis, que nem ele fez no dia. Depois eu tentei outras hortaliças e, apesar do gosto ficar diferente, o prato ficava com a mesma MAGIA.

Aí alterei o ingrediente “Brócolis” para “Hortaliças disponíveis”.

Primeiro eu aprendi os pontos BÁSICOS (broto mais baixo), depois eu senti a MAGIA (broto logo acima) do prato.

O broto acima da MAGIA é esse: antes de se atirar que nem louco, diz MAMMA MIA!

Neurônio Intoxicado

Se a receita furar, não diz mamma mia, roda o vídeo abaixo e saberás o que dizer.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •