MALA

Leitura em voz alta automática:

MALA

1 – 2 ———————————————————–

Pra mim, o motivo ainda é um mistério, mas memorizar três palavras-chave sendo que duas são ideias e uma é a relação entre elas é melhor do que memorizar só as duas ideias sem relação nenhuma.

Essa melhora é o aumento da velocidade de resgate dessas informações do inconsciente para o consciente. Não da velocidade do registro das ideias (sentido contrário), que se mantém constante. Esse aumento da velocidade de resgate é devido à repetição dessa relação, que muitas vezes é igual mesmo quando as ideias variam.

O resgate é comandado pela relação, não pelas ideias. Além disso, esse resgate carrega uma mala cheia de criatividade. Quando a roda da potência neurológica tem um diâmetro pequeno, a gravação de ideias dessa forma é mais “dolorida”. Pois, achar essa relação exige desafiar o cérebro e o giro correspondente é pequeno e turbulento.

Imagina que a roda seja de um carro andando sobre um terreno acidentado. Quanto maior a roda, menos turbulências se sente dentro do veículo.

Se conseguires memorizar isso sem a necessidade de anotar em lugar nenhum, usa o tempo ganho somente para limpar a poluição visual e auditiva do próximo contexto. Mas só troca de contexto quando esquecer completamente do que foi memorizado. De preferência, esquece até que esqueceu.

2 – 2 ———————————————————–

Que tem envolvimento espiritual nesse mistério, tem. Só que, depois do resgate e refinamento, esse envolvimento não existe mais.

Até uma certa idade (não lembro qual), eu encarava religiosidade e espiritualidade como sendo a mesma coisa. Hoje, não. Pra mim, religiosidade é acreditar em Deus sendo que Deus é uma entidade. Espiritualidade também é acreditar em Deus, mas Deus não é uma entidade.

Todas as entidades que eu conheço tiveram um início. Eu nem sei se esse mistério teve um início ou sempre existiu. Mas, o que vale é a convicção de cada um. Ainda bem que temos diferentes convicções. Pois, são essas diferenças que nos deixam tontos a ponto de ver uma ideia sobre a outra e descobrir uma relação entre elas.

As informações que gravamos no inconsciente são filtradas pela consciência. Em contextos turbulentos, com conflito de convicções muito diferentes, defende a tranquilidade da tua consciência. Dá prioridade máxima pra isso. Senão, ela gravará informações conflitantes e/ou redundantes no inconsciente.

Não sofre por antecipação. Se todas as ideias preveem um sofrimento grande, grava só as relações entre elas. Depois que descobrires as relações, joga as ideias no lixo. Já usei esse truque muitas vezes. Quase sempre, essas relações eliminam o sofrimento no futuro. Se uma relação é só uma pergunta idiota, grava só a idiotice.

 

———————————————————–

Paulo Ricardo Silveira Trainini

3 ideias sobre “MALA

  1. I like what you guys are up too. Such intelligent work and reporting! Carry on the superb works guys I have incorporated you guys to my blogroll. I think it’ll improve the value of my website :).

  2. Hello! I could have sworn I’ve been to this blog before but after browsing through some of the post I realized it’s new to me. Anyways, I’m definitely happy I found it and I’ll be book-marking and checking back frequently!

  3. I simply want to mention I am new to blogs and really loved your web-site. More than likely I’m going to bookmark your blog post . You definitely come with awesome well written articles. Kudos for sharing with us your web site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *