Posts do Paulo,  Todos os posts,  * 2017

LIVE WIRE

*** Compartilhar ***
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
0
(0)

Leitura em voz alta automática:

 

LIVE WIRE

Há uns anos atrás, bastava eu tirar alguma informação do campo visual ou auditivo e eu facilmente esquecia. Isso era importante para eu aliviar a minha consciência e assim conseguir prestar atenção nas informações importantes do presente. As outras, eu só tocava pro lado.

Mas esse era um esquecimento verdadeiro, pois essas informações não eram registradas no meu inconsciente. Ou até eram, mas eu não conseguia resgatá-las depois na hora certa. Para resolver esse problema, eu resolvi anotar essas coisas num papel e tocar pro lado.

Mais tarde, eu pegava esse papel e lia. Se o que eu lia tinha uma relação óbvia com outras, minha consciência levava um choque elétrico. Essa anotação era como um fio elétrico. Se essa informação tinha essa relação, esse fio mandava carga positiva.

Quando esse fio elétrico manda esse choque antes da informação entrar na consciência, o choque não gera nenhum raciocínio, apenas um sentimento forte. Conscientemente, apesar de sentir esse choque, não identifico nenhuma razão aparente. Se esse sentimento invadir o teu coração, anota e esquece.

Pode ter certeza que esse choque carrega uma informação importante. No entanto, se tu não esqueceres, ela não se transformará em nada racional, apenas será descartada. Bem, pra mim é um mistério como esses choques trafegam no cérebro, mas já me aconteceu inúmeras vezes exatamente assim.

A monitoração é fundamental, mas ela é de acordo com a amostragem focada, não com regras, uma dança doida.

Muitas vezes, uma ideia criativa não cria nada. Apenas dá esse choque no coração. Em sentido figurado, é como um professor carrasco apontando o dedo pra mim dizendo: “Olha isso! Anota, põe o papel na gaveta, fecha e esquece, agooora! HUMF!”. Ela funcionará como uma carta secreta.

Quando a razão disser “É o fim, ponto final.”, não bate de frente com ela, apenas tira essa carta da manga.

Paulo Ricardo Silveira Trainini

 

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

4 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *