PRESSÃO

*** Compartilhar ***
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
0
(0)

Leitura em voz alta automática:

 

PRESSÃO

A minha sede é por vender convicção, não dogmas. Ou seja, vender fé, não orientação religiosa. Só assim se consegue explorar com plenitude a nossa espiritualidade.

Figura extraída de https://www.youtube.com/watch?v=wsDprkZeG6Q

Corre atrás das melhores orientações, mas quem decide a participação delas na tua vida és tu. Se delegares essas decisões para outros, o mais provável é que essas orientações, por melhor que sejam, te levem pras cucuias.

Se o teu coração, frente a uma situação desesperadora, tiver uma reação inesperadamente doce, respeita o contexto, mas registra isso. Nessa hora, faz um registro figurado disso e esquece. Não deixa a razão participar desse registro. Usa a razão só para agir positivamente (ou apenas não negativamente) no contexto, mais nada. Só permite que a razão trabalhe para diminuir a pressão do contexto. Mantém essa disciplina e espera amanhã.

Por exemplo, se sentires vontade de berrar no trecho de uma música instrumental onde entra um instrumento africano parecido com um ioiô, apenas registra “ioiô berrando”, mas não berra. Berrar nessa hora, vai deixar o cérebro de quem está apreciando esse som atrapalhado. Ou seja, além de não ajudar, vai atrapalhar, tirando a tranquilidade dessa gente.

Eu nunca consegui achar a razão disso, mas coisas desse tipo já me aconteceram milhares de vezes: se falta pó de café bem na hora de preparar, me dá um desespero. Esse desespero me lembra a vontade de berrar naquela música.

Esse berro me lembra onde eu guardei o chá da índia, que também tem cafeína. Bom, chá da índia não é uma substituição do café, mas pelo menos tem cafeína.

A racionalidade e a irracionalidade participaram ativamente nessa compensação da falta de café. O racional só conseguiu agir racionalmente por usa da parceria com o irracional. Vou dar o nome dessa parceria etílica de ioiô. E que assim cerveja. 

Paulo Ricardo Silveira Trainini

A Comida

_________________________________________________________

Poesia extraída de SITES BÁSICOS -> G1 SUSTO NOS NEURÔNIOS -> COMENTÁRIOS -> ESTRATÉGIAS -> Inspiração -> Capítulo 2 -> A Comida

 

Figura extraída de SITES BÁSICOS -> G2: SEM LIMITES -> COMENTÁRIOS -> ESTRATÉGIAS -> CONFUSÃO -> CORRE, NEGADA !

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •